JULHO 2019       
Ciclo de Leituras: Terças machadianas - Personagens Femininas de Machado de Assis

Data: 02, 16, 23 e 30/7 - Terças-feiras
Local: Rua Dr. Vila Nova, 309 – Café Mestiço
Horário: 18h às 20h
Investimento: 30,00 por encontro ou 100,00 por 4 encontros
Inscrições: dedazeppini@hotmail.com/ 98403-9799 (com Andrea)
Mediadora: Andrea Zeppini (dedazeppini@hotmail.com). Pesquisadora em teatro e literatura, graduada em História pela FFLCH-USP, Mestra e Doutora em Letras pela mesma instituição, é autora de dissertação sobre Machado de Assis, Dostoiévski e a construção da nacionalidade.

O que as mulheres machadianas podem nos dizer sobre nós: homens e mulheres brasileiras neste momento atual? Descobriremos nesses encontros, onde vamos ler e conversar sobre contos de Machado de Assis que trazem personagens femininas marcantes. A sensibilidade do olhar machadiano nos mostra uma sociedade marcada por contradições vigentes ainda hoje. E esse olhar torna-se mais perspicaz quando recai sobre as mulheres: afinal, é nelas que essas contradições incidem com mais força. Com humor, delicadeza, muita ironia e nenhuma piedade, Machado retratou não só a opressão vivida pelas mulheres em uma sociedade patriarcal e escravista, mas também suas estratégias de sobrevivência e sua força de luta, assim como os impasses que nos regem, como sociedade, até hoje.


Cronograma

Encontro 1 “Capítulo dos chapéus”, “Academias de Sião”
Encontro 2 “Uma senhora”; “D. Paula”
Encontro 3 “Uns braços”, “Missa do galo”
Encontro 4 “Noite de Almirante”, “Singular ocorrência”


Palestra Sobre o Livro Mente Próspera

Data: 02/07- Terça-Feira
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 19h30 às 21h30

Livro escrito por Ryuho Okawa, autor best-seller no Japão com mais de 100 milhões de livros vendidos.



Evento Gratuito

Bate Papo Sobre o Livro Mamãe, O que é Sexo?

Data: 03/07- Quarta-Feira
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 18h30 às 21h30

A autora Lilian Macri nos apresenta um guia prático de como abordar a sexualidade com crianças e púberes. As questões giram em torno das descobertas dorporais e da curiosidade sobre a reprodução. O livro é delineado num panorama teórico do desenvolvimento psicossexual infantil, estimulando o leitor a ampliar a sua reflexâo, pensando a sexualidade como um tema que vai além da genitalidade; engloba a nossa maneira de estar no mundo, os afetos, os prazeres.



Evento Gratuito

CLUBE DE LEITURA SEGUINTE

Data: 06/07 - Sábado
Local: Av. Paulista, 509 - Auditório
Horário: 16h às 18h
Mediador: Diana Passy diana.passy@companhiadasletras.com.br


Livro: A Caçadora de Dragões, de Kristen Ciccarelli


Primeiro volume de uma trilogia fantástica, em que dragões e humanos estão em guerra — e cabe a uma garota matar todos eles.Quando era criança, Asha, a filha do rei de Firgaard, era atormentada por sucessivos pesadelos. Para ajudá-la, a única solução que sua mãe encontrou foi lhe contar histórias antigas, que muitos temiam ser capazes de atrair dragões, os maiores inimigos do reino. Envolvida pelos contos, a pequena Asha acabou despertando Kozu, o mais feroz de todos os dragões, que queimou a cidade e matou milhares de pessoas — um peso que a garota ainda carrega nas costas.Agora, aos dezessete anos, ela se tornou uma caçadora de dragões temida por todos. Quando recebe de seu pai a missão de matar Kozu, Asha vê uma oportunidade de se redimir frente a seu povo. Mas a garota não vai conseguir concluir a tarefa sem antes descobrir a verdade sobre si mesma — e perceber que mesmo as pessoas destinadas à maldade podem mudar o próprio destino.


Evento Gratuito

EVENTO CANCELADO - Bate Papo Sobre o Livro " O Segundo Sexo" com a autora e ativista Djamila Ribeiro e a acadêmica Heci Regina

Data: 09/07- Terça-Feira
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 19 às 21h30

Em 1949, Simone de Beauvoir publicava na revista Les Temps modernes alguns capítulos de seu próximo livro, O segundo sexo. Pioneiro, o texto causou grande comoção por seu feminismo audacioso e consagrou a autora no panteão da filosofia mundial. Em homenagem aos setenta anos desta obra revolucionária, a Editora Nova Fronteira preparou esta edição especial, que conta com a colaboração de grandes pensadoras brasileiras. A antropóloga Mirian Goldenberg, a historiadora Mary Del Priore e a filósofa Djamila Ribeiro abordam, em textos inéditos, a importância da obra ao longo das décadas. O livreto extra traz também o impactante ensaio “Quem tem medo de Simone de Beauvoir?”, da filósofa Marcia Tiburi, e uma entrevista com Sylvie Le Bon de Beauvoir, herdeira e editora da escritora francesa, publicada pela Cult. O material conta ainda com fotos que perpassam a vida de Simone de Beauvoir, uma das mentes mais brilhantes do século XX."



Evento Gratuito

Palestra Sobre o Livro " A Decisão que o Mundo Precisa"

Data: 10/07- Quarta-Feira
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 18h30 às 21h30

O autor Celso Grecco recorre às leis da Biologia para explicar que nossa sociedade também é um organismo vivo.Ao abordar temas como a Epidemia da Solidão, fenômeno que tem sido observado por diversas instituições mundialmente e o relatório do World Economic Forum divulgado em 2019,ele aponta o quanto estamos falhando nas respostas coletivas para os problemas mundiais.Argumenta também que não é preciso ser super-herói ou milionário para se engajar em uma ONG ou patrocinar uma causa,além de falar sobre a Inteligência Espiritual,que não se trata de religião,mas que considera mais necessária do que a Inteligência Emocional para estes tempos.Por meio de exemplos e casos concretos,o autor nos apresenta 7 maneiras de engajamento possíveis a qualquer um,independentemente de condição social ou financeira.Explica também o conceito de lucro social,para encorajar um investimento diferente,cujo retorno será a construção do futuro com o qual sonhamos. Neste livro,você aprenderá a: Olhar à sua volta e perceber quais são os problemas sociais que precisam de mais atenção;Identificar e escolher qual é a sua causa pessoal;Procurar, reconhecer e escolher empresas que possuem propósito e pensem nas gerações futuras;Criar um negócio social e desenvolver um trabalho pensando em uma causa;Colocar a ética de que precisamos para o novo milênio em prática, levando em consideração a sustentabilidade,a empatia e a consciência social



Evento Gratuito

Bate Papo Sobre o Livro " Guia Definitivo para não Quebrar a Cara"

Data: 13/07- Sábado
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 15 às 18h

Atenção: As 14h serão distribuídas 70 senhas para o bate-papo mediante a compra do livro "Guia Definitivo para Não Quebrar a Cara". Para a sessão de autógrafos não haverá limitação de público, poderão participar todos que tenham o exemplar do lançamento.

O LIVRO DOS FUNDADORES DO MANUAL DO HOMEM MODERNO melhores conselhos nem sempre vem em palavras gentis e tapinhas de boa sorte nas costas. Às vezes, o que a gente realmente precisa é de um bom tapa na cara para acordar para a vida. E o propósito deste livro é esse.Não agredir as pessoas gratuitamente, mas sim levantar sua atenção para algumas boas lições da vida que você talvez tenha ignorado. Ou até mesmo tenha ouvido, mas deixo passar porque se distraiu com a música do momento ou um novo vídeo no YouTube. Este livro é um convite a prestar atenção novamente a estes bons conselhos. A sentar e refletir sobre algumas cagadas que você fez – ou pode fazer – e que poderiam ser facilmente evitadas. E quem sabe assim você não consegue evitar futuras burradas e viver uma vida mais leve?



Evento Gratuito

palestra Sobre o Livro " Paulo Freire Mais do que Nunca"

Data: 16/07- Terça- Feira
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 18h30 às 21h30

Paulo Freire está hoje no meio de uma acirrada disputa ideológica. Mas este não é um livro sobre a ideologia ou a política partidária de Paulo Freire. Aqui não se entende por política o que se faz dentro da lógica do sistema democrático representativo, mas sim, num sentido mais amplo, o modo como se exerce o poder nas relações estabelecidas com outros e outras numa trama social e, mais especificamente, os modos de exercer o poder ao ensinar e aprender. Paulo Freire nos ajuda a pensar as possibilidades da filosofia em conexão muito próxima com a educação e a política. E é nesse sentido que ele é um filósofo: pela forma como faz de sua vida um problema filosófico e de sua filosofia uma questão existencial na busca de um mundo sem opressores e oprimidos. Nesse contexto, o livro é construído em torno de cinco princípios inspirados na vida de Paulo Freire: a vida (como inseparável de qualquer prática educativa); a igualdade (no início, como pressuposto, e não como finalidade da educação); o amor (não apenas pelas pessoas, mas também pela posição educadora que se ocupa); a errância (no duplo sentido de equivocar-se e de viajar sem destino predeterminado) e a infância (como impulso vital, e não apenas idade cronológica). A obra traz também duas entrevistas reveladoras, uma com filho caçula de Paulo Freire, Lutgardes Costa Freire, e outra com a educadora e amiga Esther Pilar Grossi; além de um apêndice que trata da relação de Paulo Freire com a filosofia com crianças.



Evento Gratuito

Ciclo de Leituras Dostoiévski- Livro "Gente Pobre" (1846)

Data: 17/7 - Quarta-feira
Local: Rua Dr. Vila Nova, 309 – Café Mestiço
Horário: 18h às 20h
Investimento: 30,00
Inscrições: edazeppini@hotmail.com/ 98403-9799 (com Andrea)
Mediadora: Andrea Zeppini (dedazeppini@hotmail.com). Pesquisadora em teatro e literatura, graduada em História pela FFLCH-USP, Mestra e Doutora em Letras pela mesma instituição, é autora de dissertação sobre Machado de Assis, Dostoiévski e a construção da nacionalidade.

Gente Pobre foi publicado em 1846 e é o primeiro romance do escritor. Foi incensado pela crítica da época e abriu as portas do mundo literário russo para o jovem Dostoiévski, consagrado ali como grande escritor. Trata-se de um quadro singelo e tocante, escrito em forma de romance epistolar, sobre as relações entre um pequeno funcionário, Makar Diévuchkin, e uma jovem órfã, Varvara Alieksiêievna, suas pequenas alegrias e sofrimentos. O autor de Crime e Castigo já está presente nessa primeira obra, começando a se experimentar pelos caminhos da palavra, da alma humana e da injustiça social.

SARAU CONVERSAR

Data: 23/07 - Terça-feira
Local: Av. Paulista, 509 – Auditório
Horário: 19h15 às 21h30

Faça sua inscrição e mande seu texto ou música para sarauconversar@gmail.com

Ingresso Solidário: de R$5 a R$10
CLUBE DE LEITURA COMPANHIA DAS LETRAS

Data: 29/07 - Segunda-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Arte
Horário: 19h30 às 21h
Mediador: Wagner Domingues baguedomingues@hotmail.com


Livro: Um rio chamado tempo, uma casa chamada Terra, de Mia Couto


O retorno de Marianinho a Luar-do-Chão não é exatamente uma volta às suas origens. Ao chegar à ilha natal, incumbido de comandar as cerimônias fúnebres do avô Mariano - de quem recebeu o mesmo nome e de quem era o neto favorito -, ele se descobre um estranho tanto entre os de sua família quanto entre os de sua raça, pois na cidade adquiriu hábitos de um branco. Aos poucos, Marianinho percebe que voltou à ilha para um renascimento.Uma série de intrigas e de segredos familiares envolvem o pai do protagonista, Fulano Malta, sua avó Dulcineusa, os tios Abstinêncio, Ultímio e Admirança, e também as nebulosas circunstâncias em torno da morte de sua mãe, Mariavilhosa. O rapaz descobre também que o falecimento do avô permanece estranhamente incompleto.Trata-se de um momento de passagem, crucial para o protagonista e para o seu lugar de origem. Luar-do-Chão encontra-se num estado de abandono, decadência e miséria. Trata-se também de um impasse cultural, religioso e político, que guarda correspondência com a situação social da África de hoje.Nessa enigmática Luar-do-Chão, onde um rio armazena a memória dos espíritos e a terra sofre com feitiços arcaicos e modernos, a tarefa de Marianinho é encontrar uma forma de levar adiante uma história que, além de pessoal e familiar, na África pós-colonial é também política e de destino humano.


Evento Gratuito

CLUBE DE LEITURA da FOLHA

Data: 30/7 - Terça-Feira
Local: Av. Paulista, 509 - Auditório
Horário: 19 às 21h30
Livro: As Rãs, de Mo Yan


“Um não é pouco; dois é bom; três é demais.” Eis o slogan lançado pela Nova China em 1965 - quando as crianças, esfomeadas, “brincam” de comer carvão - para conter o rápido crescimento populacional, numa política de planejamento familiar que se perpetuará por décadas. Nesse contexto, o Nobel de literatura Mo Yan dá voz a Corre Corre, aspirante a escritor que vê a tia como heroína e quer transformar sua vida em peça de teatro, não sem antes rememorar sua história. Trata-se de fato de uma mulher extraordinária. Nascida em 1937, é a primeira parteira da aldeia a estudar obstetrícia e a enxergar o ofício para além de métodos supersticiosos. Combinando a compaixão de médica a uma autoridade de general, logo se torna a oficial responsável pelo controle de natalidade. Ela deve educar jovens famílias a terem apenas um filho e, quando necessário, realizar abortos, levando a diretriz do Estado às últimas consequências. Conforme os anos se passam neste épico intergeracional, a política do filho único se burocratiza e corrompe, mas a tia de Corre Corre, revolucionária convicta, não enxerga os podres do sistema imoral em que está enredada. Se em chinês a palavra “wa”, que dá título ao romance, significa tanto “rã” como “bebê”, as rãs desta trama são objetos de horror e desejo, como os filhos da Revolução Cultural na China, muitas vezes cobiçados pelas famílias e renegados pelo Estado. De atmosfera exuberante e imaginário plástico, As rãs traz o melhor do realismo fantástico, comprovando por que Mo Yan costuma ser comparado a Gabriel García Márquez. O lirismo, a inventividade da linguagem e a forma bem-humorada de tratar os cenários mais dramáticos, oscilando entre a poesia e o horror, o naïf e o escárnio, transformam esse relato ambientado em uma aldeia da China em clássico universal.


Evento Gratuito

CLUBE DE LEITURA

Data: 31/07 - Quarta-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Artes
Horário: 19h30 às 21h
Mediador: Ludmila da Guarda lud.guarda@gmail.com


Livro: A Sociedade dos Sonhadores Involuntários, de José Eduardo Agualusa


O jornalista Daniel Benchimol sonha com pessoas que não conhece. Moira Fernandes, artista plástica moçambicana radicada na Cidade do Cabo, encena e fotografa os próprios sonhos. Hélio de Castro, neurocientista brasileiro, desenvolveu uma máquina capaz de filmar os sonhos de outras pessoas. Hossi Kaley, hoteleiro, com um passado obscuro e violento, tem com os sonhos uma relação muito diversa e ainda mais misteriosa: ele pode caminhar pelos sonhos alheios, ainda que não tenha consciência disso. O onírico e seus mistérios acabam por unir estes quatro personagens numa dramática sucessão de acontecimentos, desafiando e questionando a sociedade e suas regras, além da própria natureza do real, da vida e da morte. Uma fábula política, satírica e divertida, que desafia e questiona a natureza da realidade. Agualusa é um tradutor de sonhos. A sociedade dos sonhadores involuntários é um romance tecido com os mais delicados materiais da poesia. - Mia Couto


Evento Gratuito


Data: 01/07 - Segunda-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Dar Corpo ao Impossível
Autor: Vladimir Safatle
Editora: Autêntica

Data: 02/07 - Terça-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Regularização Fundiária Urbana
Autores: Luis Leite e Mariana Mencio
Editora: Letras Jurídicas

Data: 02/07 - Terça-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Mezanino
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Liberdade de Expressão e os Direitos da Personalidade
Autores: Thales Ferri
Editora: Letras Jurídicas

Data: 03/07 - Quarta-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Sociologia
Coordenação: Márcio Cano
Editora: Blucher

Data: 04/07 - Quinta-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Retórica e Discurso
Autores: Emílio Bento e Elizabete Hubert
Editora: Pontes

Data: 05/07 - Sexta-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Natação Quatro Estilos
Autores: Alexandre Ubilla e Adriano Gomes
Editora: Atheneu

Data: 10/07 - Quarta-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: A Decisão que o Mundo Precisa
Autor: Celso Grecco
Editora: Gente

Data: 10/07 - Quarta-feira
Local: Av. Paulista, 509 - Mezanino
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: O Espiritismo,a Magia e as Sete Linhas de Umbanda
Autor: Leal de Souza
Editora: Fundamento de Axé

Data: 13/07 - Sábado
Local: Av. Paulista, 509 - Auditório e Piso Térreo
Horário: 15 às 18h
Bate-Papo e Lançamento do Livro: Guia Definitivo para não Quebrar a Cara
Autores: Edson Castro e Leonardo Filomeno
Editora: Novo Século Atenção: As 14h serão distribuídas 70 senhas para o bate-papo mediante a compra do livro "Guia Definitivo para Não Quebrar a Cara". Para a sessão de autógrafos não haverá limitação de público, poderão participar todos que tenham o exemplar do lançamento.


Data: 14/07 - Domingo
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 14 às 16h
Livro: O Coração das Coisas
Autor: Leandro Karnal
Editora: Contexto
As senhas serão distribuídas a partir das 11h no caixa central da Livraria mediante compra ou apresentação do livro " O Coração das Coisas".

Data: 14/07 - Domingo
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Artes
Horário: 16 às 20h
Livro: O Invisível aos Olhos
Autor: @Akapoeta
Editora: Harper Collins Brasil

Data: 16/07 - Terça-Feira
Local: Av. Paulista, 509 - Auditório e Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Palestra e Lançamento do Livro: Paulo Freire Mais do Que Nunca
Autor: Walter Kohan
Editora: Vestígio

Data: 21/07 - Domingo
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 15 às 18h
Livro: Fábulas de Ansiedade
Autor: Romário Lourenço
Editora: Chiado

Data: 23/07 - Terça- Feira
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Máquina de Vendas por Telefone na Era Digital
Autor: Isaac Martins
Editora: Instituto Isaac Martins

Data: 26/07 - Sexta-Feira
Local: Av. Paulista, 509 - Auditório e Piso Térreo
Horário: 18h30 às 21h30
Livro: Um Ponto no Infinito...Nas Terras do Sempre
Autor: Tom Villa Brasil
Editora: Scortecci

Data: 27/07 - Sábado
Local: Av. Paulista, 509 - Piso Térreo
Horário: 15 às 18h
Livro: E Se Eu Não Existisse?
Autora: Mayara Vellardi
Editora: Chiado