Nome: Ana Luiza Police Duarte
Mensagem:
Quando cheguei lá, tinha um poste elétrico caído no chão, ai que eu pense: Será se devo pular? Ou devo sair correndo? Bom, como todo garoto fazia, ia pular e sair andando. É claro, escolhi a primeira opção, mas lembrei oque meu tio me disse: Quando ficar perto de coisas elétricas, fique com algo de borracha para não tomar um choque. A sorte minha, que lá perto tinha chinelos de borracha. Pulei, e cheguei em minha casa. Todos estavam dormindo, subi até meu quarto. No dia seguinte a luz não voltou. Já que não tinha aula, fui até aquele mesmo lugar de ontem anoite. Cheguei lá, e pensei: No jornal da tarde, estava escrito que quando um poste elétrico cai no chão, os fios de energia se deslocam, e não vai energia para a cidade. Cheguei numa conclusão: Se o poste está caido, então foi ele que causou este apagão. Então fui até a prefeitura e falei: Eu descobri porque está sem luz! Venha comigo. Quando chegamos lá, a prefeitura com uma grande maquina, arrumou o poste e os fios elétricos. No dia seguinte tive uma comemoração na praça, dizendo que eu sou um grande herói.

Nome: Gabriel Pereira Belitz
Mensagem:
em todo medo a luz amarela ajudou a voltar pra casa

Nome: Gabriel de Sá Detta
Mensagem:
Chegou em casa e contou tudo para seus pais. Eles não acreditaram, então, ele os levou para o Beco Escuro e mostrou tudo a eles. Com seus pais, descobriu que aquela luz amarela era um vagalume. Fim.

Nome: Julia Moraes da Silva
Mensagem:
Ele estava morrendo de medo, pensando que algo iria acontecer, ele estava com a cabeça em outro mundo, ele chorava, chorava e mesmo assim estava com medo.
E foi que de repente, viu algo se mexendo, e olha que estava atrás dele.
Era uma sombra sinistra, suas pernas tremiam de medo e começou a suar, ele gritou:
-MÃEEEEEEEEEEE, ME TIRA DAQUI!!!
Foi então que ele fechou seus olhos e viu que tudo saia da cabeça dele, ele apenas estava imaginando coisas que não existiam, apesar de todos seus medos ele conseguiu sair do beco e perceber que essas coisas de fantasmas não existem.
Quando saiu do beco a luz voltou e tudo voltou ao normal.
Fim...

Nome: Manuela Mafra de Oliveira
Mensagem:
A noite após ter se perdido, a luz voltou e aí o menino chamou o pai, quando ele foi olhar o que era aquela luz começou a rir, era só um inseto, um vagalume, pronto o mistério amarelo da noite estava resolvido, e ele estava procurando a sua mãe, o menino pediu para o pai que o levasse a árvore mais perto, quando chegou uma surpresa, a sua mãe estava lá na árvore e assim viveram felizes para sempre.

Nome: MARCOS FIUZA DA SILVA
Mensagem:
O menino começou a chorar e pensou em um anjo, e de repente apareceu uma luz amarela em sua frente, o menino acreditou ser o anjo que ele havia pedido, a luz o levou para fora da escuridão, e para a sua casa. Chegando em casa a luz desapareceu, e o menino contou tudo para seus pais. De agora em diante ele não tem mais medo da escuridão, pois tem certeza de que sempre seu anjo estará ajudando ele. E agora sim o FIM !

Nome: Kayky Paulo Tanaka Mendes
Mensagem:
Na noite seguinte, voltei ao beco escuro para procurar a luz amarela, ao entrar encontrei uma lâmpada de gênio caída ao chão, que eu ao passar na escuridão da noite passada acabei derrubando, de onde saiu um gênio que iluminou o meu caminho de volta para casa com uma luz amarela.

Nome: Gloria Maria Rasfasky Fiorot
Mensagem:
...Diante do beco escuro e os latidos do cachorro, viu que a situação era assombrosa. Pensou em desistir, mas lembrou do guerreiro que existia em si, das histórias que havia lido. Com muita rapidez escalou a cerca que o separava do outro lado do beco, e saiu correndo deixando o cachorro para trás. E seguiu com segurança até sua casa.

Nome: Giovanna Mota
Mensagem:
Então quando ele chegou em casa, explicou tudo para a mãe e o pai dele, onde ele foi parar e o que aconteceu. Depois que a luz voltou toda a cidade ficou feliz. E o melhor e que ele não ficou de castigo e ele e a cidade toda viveram felizes para sempre. FIM

Nome: Raul
Mensagem:
Na noite seguinte, a fraca luz das estrelas, e de volta á forte luz dos postes e prédios, eu e meu pai saímos á procura daquela misteriosa luz amarela. Eu queria ir logo até o beco escuro. Meu pai riu, não acreditou muito na minha história e disse começarmos a procurar num lugar mais seguro e mais perto: o jardim do nosso próprio prédio.

Nome: Giovanna Dias Rosa
Mensagem:
Ele andou bastante até que viu uma casa linda igual a casa dele. Tinha telhado vermelho e as paredes amarelas. Ele faulou: então essa é a minha casa!
Ele entrou desesperado procurando seus pais. Mas teve uma surpresa ,os pais dele não estavam e ele pensou: será que os meus pais ficaram preocupado e foram me procurar?
Quando os pais dele chegaram na casa, já era meia-noite e quando o menino viu os pais em casa ele saiu correndo atrás dos pais e deu um abraço bem gostoso neles.
E eles viveram felizes para sempre .
Fim.

Nome: Murilo Luiz Barbosa Gomes
Mensagem:
O menino foi andando, andando e andando até ele chegar na rua de sua casa então quando chegou perto dela ele encontrou seus pais e ele de tão alegre começou a chorar e seus pais também e perguntaram porque chegou tão tarde e o garoto disse toda sua trajetória de lá até sua casa.
Seus pais lhe deram uma bronca e depois conversaram com ele para não fazer mais isso e para andar sempre com celular para informa-los sobre onde ele está se acontecer algo do tipo novamente.
Fim

Nome: Bruno Viveiros Dutra
Mensagem:
O MENINO CHEGOU AO BECO ESCURO E ELE TINHA QUE ACHAR UMA SAÍDA RÁPIDO, SE NAO OS SEUS PAIS NAO DEIXARÃO ELE VOLTAR DA ESCOLA SOZINHO PARA A CASA.
NO FINAL DO BECO, O MENINO ACHOU UMA SAÍDA (UMA PORTA), ABRIU A PORTA E POR TRÁS DELA ESTAVA CLARO E CONTINUOU A CAMINHADA EM DIREÇÃO À SUA CASA.
QUANDO O MENINO CHEGOU EM CASA, SEUS PAIS ESTAVAM MUITO ASSUSTADOS E PREOCUPADOS COM SUA DEMORA, E ESTAVAM ESPERANDO SUA CHEGADA PARA O JANTAR.
DEPOIS DO JANTAR, O MENINO CONTOU PARA SEUS PAIS SOBRE O MEDO DO BECO ESCURO.

Nome: Larissa Ayumi Arakaki Beltrami
Mensagem:
Já em casa, não conseguia dormir pensando na luz misteriosa amarela.
No dia seguinte, voltei sozinho de novo e resolvi verificar se o mistério amarelo estava no beco escuro, tive medo, mas a curiosidade era tanta que tomei coragem e fui. Ouvi muitos barulhos, mas segui em frente. Quando cheguei ao beco escuro o mistério amarelo não estava mais lá, fiquei decepcionado e resolvi voltar para casa.
No caminho olhei para o céu e vi uma luzinha amarela que piscou para mim e percebi que aquele mistério amarelo era uma estrelinha perdida, assim como eu, naquela noite escura, que juntos conseguimos, com coragem, encontrar o caminho certo para casa.
Fiquei muito feliz por ter ajudado e ser ajudado também. Agora todos os dias que volto para casa olho para o céu e ali vejo o mistério amarelo da noite, que agora sei que é uma estrelinha que me dá sempre uma piscadinha!

Nome: Sofia ribeiro
Mensagem:
o menino disse assim para o pai venha comigo até o beco escuro você vai uma luz amarela linda. e ai o pai respondeu: eu não entro lá faz tempo e nunca vi uma luz e o filho respondeu não é uma luz é uma estrela amarela linda fim.

Nome: Brenno Dias Vanuchi
Mensagem:
Quando cheguei em casa meus pais estavam preocupados e um pouco bravos também, mas quando acabei de contar tudo o que havia acontecido ,eles ficaram curiosos em relação a luz amarela de que tanto falei e felizes por eu estar bem.
Sabe de uma coisa...eu acho que aquela luz era mágica ,ou talvez ela era um anjo enviado por Deus em forma de luz para me proteger e me ajudar a voltar para casa!

Nome: Victor Sanches Rodrigues Mitsubayashi
Mensagem:
Eu preciso investigar o Mistério Amarelo da Noite.
Fui até o Beco Escuro e fui também a casa e não vi a luz estranha e continuei a andar procurando a luz.
Saí da casa e ouvindo uma música "Vagalume tem seu pai está aqui sua mãe também",
fui chegando mais perto e mais perto e comecei a ver mais luzes e percebi que a luz estranha era só vagalumes!
The End ou Fim!!!

Nome: Leonnardo Cristaldi Villela
Mensagem:
I agora como eu vou chegar em casa, com esse cachorro atrás de mim só porque eu pisei na garrafa de vidro e assustei ele, salve-se quem puder! O tem cachorro louco à vista. Encontrei um osso no caminho e joguei para ele e cheguei em casa casado
de tanto que eu corri do cachorro.

Nome: Leticia
Mensagem:
E ele chegou em casa contou tudo depois que descobriu o mistério, que o dia dele foi ótimo, ele tentou descobrir mas não conseguiu ta bom o mistério era um lindo, grande e um maravilhoso girassol.
Sua mãe e seu pai queriam ficar com o girassol, mas o filho não deixou, porque era de uma velhinha amiga deles.
FIM

Nome: Stephanie de Andrade P Ferreira
Mensagem:
Então, cheguei em casa e contei para os meus pais e eles não brigaram comigo. No dia seguinte, eu fui novamente no beco e descobri que aquela luz amarela era uma joaninha com um vestido brilhante e ela estava dançando.

Nome: Letícia Escorcio Lopes
Mensagem:
Eu acho que ele vai voltar sã e salvo para casa. Mas, seus pais, estavam muito preocupados com o sumiço de seu filho. Quando ele chegou, sua mãe e seu pai lhe deram um grande abraço e falaram para ele tomar cuidado para nunca mais se perder. Principalmente no BECO ESCURO....

Nome: CAIO MIRALDO AUGUSTO
Mensagem:
Oi pai cheguei, hora mocinho onde você estava, você está encrencado. Eu estava no beco escuro, eu não disse para não ir lá, só que eu me assustei e quando eu vi não estava no caminho e eu fui andando e eu vi a rua e eu entrei e levei um susto e cai lá e fiquei com medo e é isso.

Nome: Guilherme Nalio Soares
Mensagem:
Quando consegui chegar até minha casa contei a história para meu pai, e ele disse que devia ser a luz da Lua, mas eu não acreditei fui dormir pensando em voltar no outro dia para ver se encontrava a luz amarela de novo.
Pensei: - Será que é uma nave espacial? Se for isso eu não sei, só sei que ela foi muito legal comigo de ter me ajudado a voltar para casa.
No outro dia esperei a noite chegar e voltei ao Beco Escuro, como nesse dia tinha luz, percebi que tinham muitas crianças brincando na rua, inclusive adultos que estavam todos segurando um negócio grande, que tinha uma boca grande embaixo com muito fogo, cheguei mais perto para ver o que era, e só vi o garoto falando - cuidado com o balão ele vai subir. E não é que quando ele chegou lá no céu, entendi que a luz amarela era do fogo do balão, e apesar de ser muito perigoso soltar balão naquela região cheia de casas e crianças nas ruas, nunca tinha visto nada tão bonito brilhando no céu como se fosse uma estrela. FIM

Nome: GIOVANNA RODRIGUES
Mensagem:
No caminho de casa àquelas senhoras quiseram me acompanhar para que estivesse seguro.
Então no caminho elas me perguntaram como me perdi e eu contei a elas, e foi assim que descobri oque era aquela luz misteriosa. A verdade foi que havia uma grande explicação. A verdade é que quando as duas eram pequenas também diziam em sua escola do BECO ESCURO e todos se desafiavam a ir lá, e um dia elas também foram para ver o que tinha de verdade e se perderam, mas em vez de uma luz guia-las elas encontraram com alguns amigos que as ajudaram. Mas no meu caso disseram que todos os dias elas iam ir tentar ajudar crianças perdidas. Depois da explicação eu perguntei a elas o que era aquela casa, e elas também tinham explicação para isso. Disseram que esse problema as envolvia e a resposta foi que lá iriam fazer uma brinquedoteca e quem iria ser o responsável por isso era um velho louco que abandonou a casa depois do halloween que as duas bateram na porta e pediram doces e desse dia em diante não se soube dele.
Finalmente cheguei em casa e contei a meus pais do meu sumiço, e como imaginava:
meu pai disse preparasse para seu grande castigo, apesar de eu não achar um super castigo ou seja uma boa ideia meu castigo (legal) foi eu ajuda-lo a construir a brinquedoteca. Bom a brinquedoteca fez muito sucesso.
FIM

Nome: Leonardo Matta de campos- 3ºano
Mensagem:
Era a luz de uma lanterna que estava vindo de uma casa, para me salvar daquele beco escuro.

Nome: Gabriel Ferrari Magri
Mensagem:
O menino estava dormindo e foi só um sonho e ele continuou a dormir.

Nome: Carolina Tezari
Mensagem:
Ele continou seguindo a luz amarela e falou:
- Olha a minha casa !
Correu , correu chegando lá bateu na porta e falou :
- Pai sou eu , seu filho .
O pai dele abriu e porta e disse:
- Entra pra gente conversar .
Eles entraram , o garoto olhou pro pai e deu risada :
- Estou morrendo de saudade !
- Também!
Se abraçaram e viveram felizes para sempre !

Nome: Camila F. - Escola São José de Vila Matilde
Mensagem:
Na noite seguinte, falei ao meu pai que queria descobrir o que era aquela misteriosa luz e ele falou que iríamos até o Beco Escuro.
Quando chegamos, ele disse que era para levar-lhe até aquela casa que tinha ido antes, e falei que ia levar-lhe até lá.
-Chegamos?-disse ele.
-Sim, chegamos ao porão.-eu disse
A luz estava naquele mesmo lugar.
Seguimos ela.
Ela levou a gente até a porta da casa.
E levou a gente até o final do Beco Escuro.
Acabou nos levando até o nosso prédio, e se apagou.
Ficamos tentando adivinhar o que era aquela luz.
E eu falei:
-Já sei!!!
E meu pai respondeu:
-Oque?
Respondi:
-É o reflexo da lua batendo no nosso "Ipê Amarelo" do prédio